DROGARIA SÃO PAULO

2.0 Média: 2

(2  avaliações )

Mapa de Drogaria São Paulo

  • Avenida Coronel Manoel Inocêncio, 141 - Vila São João - Caçapava, SP — Como chegar

Avaliações sobre Drogaria São Paulo

2.0
- 28/06/2011

Boa noite, gostaria de deixar registrado: Hoje dentre 18h estive na Drogaria de Caçapava e fui atendida de uma forma nada agradável (Infelizmente não sei o nome da funcionária) Por isso pode até ser que não considerem minha indignação: Solicitei o valor de alguns remédios e falei para moça que iria verificar em outra farmácia em frente, então ela me disse que se estivesse mais barato ela cobriria o valor, mas quando estive no outro lugar fui muito bem atendida e como tbém encontrei R$12,00 de diferença não achei que deveria atravessar a rua para comprar em outra, mas mesmo assim levei o valor para que ela pudesse verificar com o gerente, mas em alto e bom som ela disse que como havia comprado em outro lugar não teria importância que ela ficasse com o papel com os valores - concordo porém sou uma cliente que compro com frequência nesta drogaria e a maioria dos vendedores já me conhecem, agora as demais pessoas que lá estavam não, então gostaria que houvesse mais cuidado em falar algumas palavras na frente de outras pessoas, pois não tive tempo estava indo para o trabalho senão com certeza faria uma reclamação via gerente e com testemunha.
É só perguntar para o gerente as 18h30 que ele ouviu a graça...

1 pessoa curtiu esta avaliação.


ops!

Dê sua nota:

  • Horrível
  • Ruim
  • Mais ou Menos
  • Bom
  • Sensacional
  • ...clique nas estrelas

+ 1  avaliação


1.0
- 27/08/2013

Prezados Senhores.
Dia 19/08 p.p. comprei sob receita médica 2 embalagens de Citalopran. Ao chegar em casa comparei o medicamento com o consumido anteriormente e verifiquei que me foi vendido Bromidrato de Citalopran. Retornei à Drogaria SP mais tarde, no mesmo dia, e a atendente disse-me que não poderia efetuar a troca por se tratar de ¿produto controlado¿ e que ¿não estava de posse da chave da caixa em que se encontrava a receita médica¿. Insisti na troca, mas não fui atendido e não me deram alternativa, alegando que eram produtos genéricos, com as mesmas propriedades. Eu disse que sou leigo e que queria o Citalopran, que estava recomendado. Infelizmente, fui agressivo e a atendente chamou a polícia. Pasmem Srs.! O policial veio, mas a troca já havia sido efetuada, pois a atendente se dignou a telefonar para alguém que autorizou a troca. Ficou claro a falta de discernimento da atendente. Registro também que um outro funcionário fez provocações e ameaças de retaliação, afirmando que não era ¿bonzinho¿ como os demais.


ESCREVA UM COMENTÁRIO TAMBÉM, dê sua opinião.