Compartilhar:

Mapa

Fotos

Horário de atendimento

Fechado
Dom: 11:30 às 01:00 Ter à Sáb: 11:30 às 01:00

Sobre

É lugar onde a amizade é ingrediente indispensável numa mistura que une a África e a Bahia. O dendê e a pimenta. A qualidade premiada em nível nacional e a amizade que envolve a todos os que freqüentam esta casa. Na área interna, aberta para o salão, brilham os equipamentos e utensílios de uma moderna cozinha - o novo espaço está à espera de Jonatas Moreira, filho dos proprietários Osvaldo e Vera Lúcia Moreira, que se formou em gastronomia no Instituto Paul Bocuse, na França. Enquanto o jovem finaliza a elaboração de novos pratos, o comando da cozinha continua nas mãos de Vera Lúcia, fera no uso de leite de coco, azeite de dendê e pescados. O restaurante nasceu na casa de Vera e Osvaldo. Há 15 anos, tem suas portas abertas para os amantes da culinária de sabores marcantes que ajuda a contar parte da nossa história.

Outras informações

Formas de pagamento

American Express - Diners Club - Mastercard - Visa - Visa Electron - REDESHOP - Maestro - Dinheiro

Serviços adicionais

Jantar - Acesso para deficientes físicos - Número de Lugares - Ar Condicionado - Rolha - Almoço

Avaliações

Avalie este local

  • Icaro Libertador Silva
    Comida baiana original. Vale a pena!
  • Vitor Cardosina
    Localizado no bairro de jatiúca, o restaurante fica numa área bem privilegiada e de fácil acesso. É conhecido por suas delícias afro-baianas, como mesmo se intitulam. Começou como um bom lugar para se comer uma boa acarajé, mas hoje é referência no segmento por oferecer pratos com muito sabor e requinte. Outro diferencial são os drinks, que seguem a mesma linha criativa dos chefs. O meu preferido é a caipirosca de uva com morango, super recomendo. O ambiente é bonito, com vários espaços abertos, tem uma decoração bem marcante, com traços da cultura afro brasileira. O local é espaçoso, as mesas são muito bem dispostas, o que garante uma certa privacidade. O atendimento é muito bom, pessoal muito simpático e solícito, principalmente quando necessário explicar os pratos para quem não conhece. O preço é um pouco alto pelo valor agregado ao produto, além da casa contar com um chef premiado. O local não possui estacionamento próprio, mas é possível estacionar na frente ou na lateral sem muita complicação.
  • William Pimentel
    Estive no Akuaba depois de assistir uma palestra deles falando em como eles focam em qualidade no atendimento e inovação nos pratos. Super bem localizada a casa é simplesmente linda com um visual rústico, árvores e verde no ambiente externo. E um ambiente interno com ar condicionado, tudo muito confortável e elegante. Fui a convite de um amigo comer o famoso acarajé por sugestão dele, veio o bolinho delicioso com a porção de camarão, vatapá, caruru e tomate verde ao lado do bolinho no prato para eu montar o acarajé. A princípio achei um pouco estranho, mas no final foi divertido montar meu próprio acarajé. Os garçons são muito atenciosos, um atendimento realmente nota 10, achei o preço razoável. Vale a visita com toda certeza, um verdadeiro pedacinho da Bahia em Alagoas! A casa não possui estacionamento próprio.
  • Isadora Mendes Costa
    Restaurante especializado na culinária afro-baiana. Localizado no Bairro de Jatiúca, possui fácil acesso de chegada e saída. E é bem próximo da orla de Jatiúca, cercado de galerias dos mais diversos tipos de comércios e serviços, e de residências. Possui área externa e interna ambas bastantes ventiladas. A área externa fica coberta por árvores, o que torna o ambiente muito mais agradável. A área interna é climatizada, e por sua vez confortável. Possui um atendimento normal, com garçons educados e simpáticos. Entre a variedade de culinária afro-baiana que é oferecida, não se pode deixar de pedir o famoso Acarajé. Um bolinho feito de feijão fradinho, frito em dendê, recheado de camarão, vatapá, caruru e vinagrete, comida típica da cultura baiana, mas que deliciosamente (e graças ao bom Deus) pode também ser saboreado aqui em Maceió. No Akuaba, tem-se a opção de os recheios virem montados no próprio bolinho ( tradicional) ou no prato. Apesar de demorar, por ser feito na hora ( como é explicado na hora que se faz o pedido), o Acarajé do Akuaba, faz valer qualquer e demorada espera !
  • Waldir Junior
    Reune delicias afro-baianas, esse restaurante é referencia em frutos do mar, moquecas e acarajés, tem cerveja sempre geladinha e é bem movimentado.
  • Fada Azul
    O peixe do dia, que pode ser badejo, robalo ou arabaiana, sai da grelha acompanhado de arroz e purê de banana-da-terra, a R$ 55,00, também para dois. Para encerrar, cocada preta com sorvete de tapioca (R$ 12,00). Além de colaborar com o cardápio regular, Jonatas comanda nas noites de quinta e sexta o Espaço Vera Moreira, que funciona no mesmo endereço e, somente sob reserva, serve menus degustação nos quais predominam preparos à base de carnes de caça.
  • Fada Azul
    Não bastasse a desenvoltura com que Vera Moreira maneja leite de coco, azeite de dendê e coentro, há pouco mais de um ano ela conta com um braço direito e tanto. Seu filho mais velho, Jonatas, voltou de uma temporada na França e trouxe na bagagem o diploma de chef pelo Instituto Paul Bocuse. Assim, unem-se a experiência e a técnica apuradíssima no preparo de receitas de peixes e frutos do mar com notável acento baiano. É o caso da moqueca do meu príncipe, que é feita com polvo, camarão, lula e mexilhões temperados com gengibre e biri-biri. Tem por guarnição arroz e farofa de dendê com banana-da-terra.
  • Eduardo Pinto
    A casa e boa,bem localizada fica em mangabeiras,serve um otimo buffet de comidas regionais,bom atendimento e chopp bem gelado.

Baixe o aplicativo do Apontador e encontre os locais que você procura com rapidez.