[COVID-19] Encontre estabelecimentos essenciais abertos na sua cidade e fique informado sobre a pandemia do Coronavírus. SAIBA MAIS
Avenida Manoel Ribas, 5875, Santa Felicidade, Curitiba - PR, CEP: 82400-000
Compartilhar:

Mapa

Fotos

Horário de atendimento

Dom: 11:30 às 15:30 Seg à Sáb: 11:30 às 15:00, 19:00 às 23:00

Sobre

Entrou no Guinness Book como o maior restaurante das Américas. Tem rodízio com 14 pratos de risoto, nhoque, polenta frita, espaguete, frango, canelone, rondelli e lasanha. Fundado em 1963, tem salões que podem ser reservados para festas e eventos fechados

Outras informações

Formas de pagamento

Visa - Hipercard - Diners Club - Mastercard - Visa Electron - REDESHOP - Maestro

Serviços adicionais

Estacionamento - Acesso para deficientes físicos - Carta de vinhos - Rolha - Wi-Fi

Avaliações

Avalie este local

  • Carla Tavares
    Atendimento foi bom!
  • Nery Alves
    O Madalosso entrou para o Guiness Book como o maior restaurante das Américas, com capacidade total para 4.645 pessoas. Localizado no bairro italiano de Santa Felicidade, o restaurante foi construído em um terreno gigantesco, com um amplo (muito amplo!) estacionamento e um complexo que reúne diversões salões. A comida é tradicional, saborosa e possui um preço mediano. O cardápio é fixo e segue a culinária da região do Vêneto: frango frito, polenta, risoto, fígado frito, maionese e radicchio com bacon. Além destes pratos, servidos na mesa, ainda há um rodízio de massas e carnes. De sobremesa, aconselho a salada de frutas com chantilly, pois ela é muito boa! Em uma casa, logo em frente à entrada lateral do restaurante, eles servem café gratuito aos clientes. Durante a semana, normalmente são abertos apenas os salões menores. Já aos finais de semana, o espaço fica completamente lotado, todos os salões são abertos e, mesmo assim, ainda há espera. Também é possível reservar um dos salões para comemorações e eventos privados. O Madalosso virou um ponto turístico da cidade, recebendo muitas excursões e grupos de turistas. Para quem não conhece, é uma experiência diferente! Vale a pena conhecer!
  • Edvaldo Salton
    Excelente atendimento, comida farta e bem temperada.
  • Larri Francisco Da Silva
    Muito bom. Tem que ir preparado para comer muito a fartura que é propiciada. O preço vale.
  • Ray Filho
    Desde 1963 o Madalosso constrói sua história como um restaurante familiar, que encontrou na tradição italiana um estilo único de servir e degustar. O restaurante mantém até hoje suas origens, cuidando de cada cliente como um convidado, um velho amigo da casa. Cartão postal do bairro de Santa Felicidade. Estacionamento grandioso com capacidade para atender milhares de visitantes e vários salões, um bairro gastronômico de origem italiana. O restaurante é no sistema de rodízio, cada pessoa paga 40 reais. Não incluído a bebida. Ao sentar-se os garçons colocam duas porções de frango assado, uma de polenta, duas de salada, uma de "risoto" e uma de queijo parmesão. A partir daí começam a servir as massas em forma de rodízio. Não achei a variedade das massas salgadas boa. Bem simples. O que achei diferente foram às opções de massas com recheios doces. No geral o restaurante é muito bom!!!!
  • Silas Ferreira
    Muito bom, desde atendimento ao cardápio com sabor inigualável
  • AMR
    Comida paupérrima. Frango cheio de gordura, figado cozido, eca. E uma salada sem comentários...Só tem tamanho mesmo.
  • Maria Paula
    Tradicional e de requinte! O restaurante é uma das maravilhas que experimentei quando estive na cidade viajando. Entrei no local (muito bonito por sinal) e pedi um radicchio com baconesde, e me surpreendi! Nunca tinha presenciado tanto sabor nesse prato que amo. Eu como sou de São Paulo, já fui em diversas cantinas italianas que temos na cidade paulista, porém nenhuma fez um radicchio com baconesde como a desse restaurante de Curitiba. Pelo que conversei com o pessoal da cidade, o restaurante existe desde 1963. Onde o sr. Madalosso construiu o local juntamente com sua família, e mantém a fama até hoje. Muitos da cidade dizem que é a melhor comida italiana da região. O restaurante trata o cliente com muita simpatia e acolhimento. Lhe tratam como se fosse seu amigo a anos! Além disso, o restaurante fabrica alguns produtos para a venda. Porém não tenho conhecimento porque não comprei. Mas de resto eu super recomendo, pessoal!
  • Marcos Dias
    Localizado no bairro italiano de Curitiba, Santa Felicidade, o Restaurante Madalosso tem capacidade para 4.645 pessoas, quantidade que lhe deu o título de maior restaurante da América Latina, do Guiness Book. Sua estrutura é muito grande, com vários salões (sete no total) e um amplo estacionamento. Os salões de eventos são divididos por nomes e pela capacidade de pessoas que ambiente suporta (Salão Firenze ¿ 280 pessoas; Salão Bellagio ¿ 120 pessoas; Salão Gênova ¿ 180 pessoas; Salão Capri ¿ 280 pessoas; Salão Milano ¿ 160 pessoas; Salão Nápoli ¿ 550 pessoas; Salão Torino ¿ 100 pessoas). E ainda possui diverentes cardápios a escolha de cada freguês (Tradiciona, Rosso, Verdi e Bianco). O Restaurante Madalosso é famoso por preservar toda a cultura da culinária italiana, herança da família fundadora da casa. O Madalosso já é conhecido pelo cardápio tradicional e italiano, e tornou-se ponto de encontro para refeições familiares. O local fica bem localizado e possui estacionamento próprio.
  • Márcia Terra
    O restaurante tem vários salões com mesas a perder de vista, tudo bastante amplo e bem organizado. Lá você encontrará famílias inteiras com crianças pequenas e vovós aproveitando o tradicional almoço do final de semana, que é servido no estilo rodízio. E se você achar que pelo tamanho descomunal do restaurante será mal atendido, está enganado. Os garçons são bastante solícitos e fazem questão de deixar a mesa sempre cheia. As massas são boas, mas elas estão ali só para cumprir o papel, as grandes estrelas do Madalosso são realmente as asinhas de frango. Deixe a finesse de lado e se atraque com gosto. Na última visita só usei o garfo porque queria provar o nhoque, mas fora isso nem precisaria de talheres! Meu único conselho é que tente chegar cedo nos finais de semana, mesmo sendo um lugar imenso, é comum haver uma lista de espera depois da uma da tarde. O preço é bem acessível!!